Perdas e ganhos…

Beth Alves

Leitura Bíblica: Lucas 16: 1 – 12

Por isso, eu lhes digo: usem a riqueza deste mundo ímpio para ganhar amigos, de forma que, quando ela acabar, estes os recebam nas moradas eternas.

Lucas 16:9

PrimíciasO Senhor é soberano. Dele são TODAS as coisas. Nós, em Cristo, temos o privilégio de administrar os bens materiais do Senhor. Estou aqui pensando como encaramos essa realidade. Muitas vezes entregamos ao Senhor apenas as sobras, quando sobra. E na verdade, deveria ser o contrário, Dele são todas as primícias, os primeiros frutos, a primazia. As riquezas, os bens não são um fim (finalidade), são apenas o meio (caminho) de abençoarmos e sermos abençoados. Seria muito bom a gente não confundir isso. Aleluia!

Beth Alves.

Ver o post original

Ser exemplo…

Amém!
Que a mudança comece em mim Senhor!

Beth Alves

Nunca subestime a influencia que uma vida com Deus pode ter sobre as pessoas ao seu redor e as futuras gerações.

BalletLeitura Bíblica: Deuteronômio 34: 5 – 12

Em Israel nunca mais se levantou profeta como Moisés, a quem o Senhor conheceu face a face. Deuteronômio 34: 10

Pensando na minha vida constatei que várias pessoas me influenciaram. Cada uma delas teve um papel importante em momentos decisivos. Há pessoas que passam alguns momentos conosco, outras que passam épocas e algumas foram escolhidas para caminhar conosco a vida inteira.

E eu e você também fomos escolhidos para influenciar pessoas; fomos escolhidos para ser exemplo de princípios, de moral e de ética. E todos estes princípios estão contidos na Palavra de Deus.

Primeiro, a mudança acontece em nós e depois ao nosso redor, tudo com base na Palavra.

Então, nos voltemos para a Palavra, sempre.

Aleluia!

Beth Alves.

Ver o post original

Teologia Bíblica e Identidade: Filhos de Deus

Texto maravilhoso!!!!

Instituto Abba

Tal Pai, tal filho.Michael Lawrence

Identidade é importante. É importante para a nossa cultura, inundada por políticas identitárias e pelos apelos inatacáveis que o conceito de identidade proporciona. E é importante entre os cristãos. Nós chamamos as pessoas a viver de acordo com e à altura de quem elas são em Cristo: peregrinos e forasteiros, sal e luz, membros do corpo de Cristo ou da noiva de Cristo, templo do Espírito, nova criação e assim por diante. Nós encorajamos uns aos outros a nos revestirmos do novo homem.

Contudo, com freqüência, os marcadores identitários do Novo Testamento são mais informados por nosso próprio contexto e nossas pressuposições culturais do que pelo enredo bíblico. O enredo do peregrino e forasteiro pode se tornar o enredo do fundamentalista cultural justificando seu desengajamento. O enredo da noiva pode facilmente se tornar o enredo de um sentimentalismo egocêntrico no qual, como acontece com as noivas americanas…

Ver o post original 1.800 mais palavras